Vitão e Johnny retornam e reforçam a linha defensiva do Internacional na semifinal contra o Fluminense.

Na busca por conquistar uma vantagem no jogo no Maracanã, o treinador Eduardo Coudet contará com duas adições importantes para o Internacional contra o Fluminense. Vitão e Johnny estão preparados e estarão disponíveis para a partida de quarta-feira, que é o primeiro confronto das semifinais da Conmebol Libertadores. O regresso dessa dupla visa reforçar a defesa contra a equipe liderada por Fernando Diniz, que ostenta o segundo melhor ataque do torneio.

Essa dupla ficou afastada por um considerável período. O defensor não jogou desde o dia 26 de agosto, quando o Internacional empatou com o Flamengo no Brasileirão. Naquela partida, Vitão começou no banco, entrou no lugar de Hugo Mallo no segundo tempo, mas teve que sair devido a dores na coxa direita aos 39 minutos.

Johnny atuou em uma partida apenas três dias depois, quando contribuiu para a vitória da equipe sobre o Bolívar, garantindo assim a vaga nas semifinais da competição continental. No entanto, o jogador norte-americano precisou deixar o campo aos 29 minutos do segundo tempo, sendo substituído por Gabriel devido a uma torção no tornozelo direito.

Essas questões médicas resultaram em cortes nas convocações. Vitão estava originalmente convocado para a seleção pré-olímpica, enquanto Johnny faria parte da equipe dos Estados Unidos

A volta dessa dupla certamente fortalece a defesa do Internacional. O Fluminense é conhecido por seu jogo ofensivo e possui o segundo melhor ataque na Conmebol Libertadores, tendo marcado 18 gols em 10 partidas, empatando com o Racing, que já foi eliminado. O Internacional marcou 16 gols, enquanto o Palmeiras lidera a lista com 21 tentos anotados.

Fernando Diniz conta com jogadores como André, Ganso, Arias, John Kennedy, Cano e Keno no setor do meio-campo em direção ao ataque, enquanto Eduardo Coudet está trabalhando na elaboração de uma estratégia para neutralizar o jogo do adversário.

Sem Vitão, Coudet promoveu Hugo Mallo para atuar na defesa ao lado de Gabriel Mercado. O espanhol, originalmente lateral-direito e jogador de confiança do treinador, recebeu elogios por sua boa posição em campo. A expectativa é que Mallo continue atuando como lateral no Maracanã quando Vitão retornar.