Veja o que disse Eduardo Coudet na coletiva após a vitória sobre o Ypiranga

804

A temporada de 2024 para o Internacional parece estar marcada por uma fase de experimentação constante na escalação, pelo menos até a sexta semana, conforme revelou Eduardo Coudet. O treinador, conhecido por suas variações táticas, compartilhou sua visão durante a entrevista coletiva após a vitória sobre o Ypiranga no último sábado (27).

“Normalmente, tentamos preparar um time fisicamente para seis semanas. Mas não há uma data exata. Não sei quando podemos repetir. Seguramente vai haver trocas para o jogo de quarta (contra o Guarany-Ba, fora). Estamos buscando a melhor forma. É difícil focar na parte física se, depois de quarta, já jogamos no sábado (contra o Caxias, em casa),” explicou Coudet.

Questionado sobre a possibilidade de repetir a escalação, o técnico destacou a importância de avaliar a condição física dos jogadores:”Poderia repetir agora? Poderia, mas no sábado chegaríamos com alguém que não poderia repetir. Vamos ver quem chega melhor na quarta e no sábado. O importante é não perder ninguém.”

Se a perspectiva de seis semanas de variações na escalação se confirmar, contadas a partir do início da pré-temporada em 8 de janeiro, os torcedores colorados podem esperar ver o time considerado ideal, ou pelo menos o mais próximo disso, contra o São José, em 11 de fevereiro, no Passo D’Areia, ou diante do Brasil de Pelotas, no Beira-Rio, no dia 14.

O desafio de Coudet será equilibrar a busca pela melhor forma física com a necessidade de manter a consistência no desempenho da equipe. A cada partida, a expectativa cresce, e a torcida aguarda ansiosamente para ver a formação que o treinador argentino escolherá para liderar o Internacional rumo aos desafios da temporada.

Assista a coletiva com Eduardo Coudet após a vitória sobre o Ypiranga: