Veja o que disse Daronco ao saber que vai apitar o Grenal 441

2112

Com o clássico Gre-Nal se aproximando, as expectativas estão nas alturas para o embate que promete agitar o Beira-Rio neste domingo. O Internacional, buscando consolidar sua liderança no Campeonato Gaúcho, enfrentará o Grêmio em uma partida que vai muito além dos três pontos em disputa.

A Federação Gaúcha de Futebol optou por designar Anderson Daronco como árbitro principal para o confronto, uma escolha que gerou discussões e expectativas. Daronco, em entrevista à Rádio Gaúcha, expressou sua ansiedade por voltar a apitar um Gre-Nal após três anos afastado do clássico.

“Estava ficando louco já. Nesses anos que acabei ficando fora, não foi uma questão de opção ou problema, foi pura falta de sorte pelo sorteio. O olho no olho entre eles, a forma como eles disputam o jogo e as relações interpessoais dentro da partida mudam. Alguns clássicos têm isso, mas não chegam perto. Podem ter dois melhores amigos jogando o Gre-Nal, mas pode ter certeza que vai sair uma faísca entre eles”, revelou o árbitro.

Sobre a ausência do VAR no confronto, Daronco destacou a necessidade de se preparar mentalmente para a partida, levando em consideração a não utilização da ferramenta.

“Não ter o VAR é um componente de dificuldade a mais para a arbitragem. Até o momento, é a informação que a gente trabalha. Estou me preparando mentalmente para a partida levando em consideração a não utilização da ferramenta. Em questão da tomada de decisão em campo muda pouco para o árbitro, porque tenho que seguir tomando minhas decisões no jogo”, explicou.

Com Daronco no comando e a rivalidade aflorada, o Gre-Nal promete ser um espetáculo à parte. Os torcedores aguardam ansiosamente por mais um capítulo dessa história centenária entre Internacional e Grêmio.