Taison desabafa sobre sua saída do Inter em mensagem comovente nas redes sociais

991

Em um emocionante desabafo nas redes sociais, Taison, agora jogador do PAOK, na Grécia, expressou os motivos por trás do término abrupto de sua segunda passagem pelo Internacional. Ao completar 36 anos, o ex-camisa 7 compartilhou suas reflexões sobre a relação conturbada que levou à rescisão de contrato.

Desafios Internos:
Taison agradeceu a homenagem do perfil colorado, mas não hesitou em revelar que entrou em conflito com pessoas que complicaram sua permanência no vestiário. O jogador admitiu arrependimentos, reconhecendo que atitudes impulsivas e teimosia contribuíram para a decisão.

O Desabafo de Taison:
Ao agradecer o carinho da torcida colorada, Taison não segurou as emoções ao falar sobre sua trajetória recente. Ele admitiu ter entrado em conflito com pessoas do ambiente do clube, revelando arrependimentos por atitudes impulsivas e teimosia que contribuíram para o término abrupto do contrato.

“Se eu não tivesse brigado com quem não merecia… Se eu tivesse sabedoria e não agisse de cabeça quente, se eu não tivesse sido tão cabeça dura, talvez estaria hoje junto à minha nação, ao meu clube tão amado. Sou grato por tudo que vivi e fico extremamente honrado e feliz.”

Conflitos e Desconforto:
Nos bastidores, a postura de Taison gerava desconforto. Mesmo sendo uma figura de liderança e detentor de um dos maiores salários, sua reação às mudanças de status no time criava atritos. A expectativa de reconhecimento da cúpula não foi atendida, resultando em um desfecho polêmico.

Episódios Polêmicos:
O jogador enfrentou controvérsias, incluindo a greve dos jogadores devido a atrasos nos direitos de imagem. Taison, embora tenha se defendido de liderar o movimento, viu sua imagem arranhada perante parte da torcida. Críticas públicas ao presidente Alessandro Barcellos durante uma live pós-rescisão aumentaram a tensão.

Despedida com Marcas Históricas:
Apesar dos conflitos, Taison encerrou sua passagem no Inter com 200 jogos, alcançando tal marca na última rodada do Brasileirão contra o Palmeiras. Com 44 gols, o atacante deixou um legado que inclui uma Libertadores, uma Sul-Americana e dois títulos estaduais, marcando seu nome na história do clube.

Para concluir:
O desabafo de Taison oferece uma visão franca dos desafios enfrentados nos últimos tempos no Internacional. O jogador, agora em um novo capítulo de sua carreira, deixa para trás uma trajetória repleta de conquistas, polêmicas e, acima de tudo, aprendizados.