Presidente do Inter ‘abre o jogo’ sobre a situação de Borré em entrevista

1236

Alessandro Barcellos, presidente do Internacional, abordou a possível antecipação da chegada do centroavante Rafael Santos Borré durante uma entrevista ao programa “Bola nas Costas”, da Rádio Atlântida. O jogador foi adquirido há aproximadamente 10 dias, quando o clube gaúcho fechou um acordo com o Eintracht Frankfurt, desembolsando 6,2 milhões de euros por seu passe.

Barcellos indicou que há duas condições para a antecipação da vinda do jogador para o Inter. A primeira depende de uma possível distância do Werder Bremen da zona de rebaixamento da Bundesliga, o que poderia facilitar uma liberação antecipada. A segunda possibilidade seria a contratação de um substituto para Borré pela equipe alemã.

O presidente destacou que as negociações estão em andamento entre os clubes, mas que a decisão final dependerá do Werder Bremen. A janela de transferências se encerra em março, e Barcellos expressou que o clube gaúcho está atento a todas as possibilidades.

“Neste sentido, estamos trabalhando entre os clubes. A janela fecha em março. Até lá, qualquer dia é dia. Mas isso vai depender do clube alemão, que hoje detém o jogador. O Campeonato Alemão termina em maio. São três meses e meio de contrato a serem cumpridos lá. A diferença para a janela brasileira é de um mês e meio. São contas que eles estão fazendo, assim como o jogador e nós”, declarou Alessandro Barcellos, presidente do Internacional, ao abordar a possível antecipação da chegada do centroavante Rafael Santos Borré.

Rafael Santos Borré, que assinou contrato com o Internacional até 2028, está previsto para se apresentar no Beira-Rio em julho, a menos que haja uma mudança nas circunstâncias atuais.

Assista a entrevista do Presidente do Inter no programa “Bola nas Costas”, da Rádio Atlântida, vídeo abaixo: