Inter informa que meio-campista fará cirurgia e vira baixa pro time

O Inter informou, na manhã desta sexta-feira (13), que o meio-campista Gabriel Boschilia foi submetido a uma nova cirurgia no joelho direito — a terceira nos últimos cinco anos. Desta vez, ele passou por uma artroscopia, após relatar desconforto no local nas últimas semanais.

Conforme a nota divulgada pelo clube, o jogador “vinha fazendo um trabalho de reequilíbrio muscular na tentativa de minimizar o problema”. Porém, sem o resultado esperado e “visando abreviar a recuperação e deixar o atleta em plenas condições, optou-se pela intervenção cirúrgica”. Ainda de acordo com o Inter, o período estimado de recuperação é de quatro a seis semanas.

Embora a recuperação deste procedimento não seja tão longa, será mais um período de afastamento de Boschilia dos gramados. O meia de 26 anos tem sofrido com lesões desde que chegou a Porto Alegre. Contratado pelo Inter em 2020, soma 60 jogos pelo clube, com apenas cinco gols marcados. Nesta temporada, foram apenas 11 partidas, com três assistências e nenhuma bola na rede.

Em 2017, quando ainda atuava pelo Monaco, o meia já havia feito uma cirurgia para reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho direito. Na ocasião, ficou sete meses sem atuar. Pelo Inter, sofreu a mesma lesão e precisou passar pelo mesmo procedimento, em outubro de 2020. Ficou praticamente oito meses sem jogar e, desde então, não conseguiu recuperar o bom futebol do início da trajetória pelo Beira-Rio.

O atleta tem contrato com o Inter até o final desta temporada, e o clube recusou uma proposta do Yeni Malatyaspor, da Turquia, pelo jogador em setembro do ano passado. Agora, porém, Boschilia ficará cerca de dois meses fora de combate e, depois, terá apenas mais quatro meses de vínculo com a equipe gaúcha.

Confira a nota divulgada pelo Inter:
“Informamos que o meio-campista Boschilia foi submetido a uma artroscopia no joelho direito na manhã desta sexta-feira (13). Nas últimas semanas, o atleta relatou desconforto no local e vinha fazendo um trabalho de reequilíbrio muscular na tentativa de minimizar o problema. Visando abreviar a recuperação e deixar o atleta em plenas condições, optou-se pela intervenção cirúrgica. O período estimado de recuperação é de 4 a 6 semanas.”