InícioNotícias do InterBaseInter deve lucrar R$ 32 milhões em venda na Europa e dinheiro...

Inter deve lucrar R$ 32 milhões em venda na Europa e dinheiro é alento para minimizar prejuízos causado pelas chuvas

O Internacional está monitorando de perto o futuro do meio-campista Johnny, atualmente no Real Betis. Segundo relatos da mídia internacional, o ex-jogador do Inter tem despertado interesse de grandes clubes europeus e pode estar de mudança na próxima temporada (2024/25), durante a janela de transferências de verão.

De acordo com o Diario de Sevilla, Johnny, apesar de ter chegado recentemente ao continente europeu, já atraiu a atenção do Atlético de Madrid e do Barcelona. Embora ainda não tenha havido avanços para propostas concretas, ambos os clubes teriam feito consultas sobre o jogador, conforme relatado pelo portal “ge.globo”.

Além dos interesses do Atleti e do Barça, o Borussia Dortmund, o RB Leipzig e alguns clubes da Premier League (não especificados) também estariam de olho no desempenho de Johnny, segundo o Diario de Sevilla.

Johnny, que antes jogava no Internacional, assinou com o Real Betis no final do ano anterior por 6 milhões de euros (aproximadamente R$ 32 milhões na época da transação), com a possibilidade de receber um bônus adicional de 2 milhões de euros, conforme estipulado no acordo entre os clubes. Além disso, o Internacional ainda detém 20% dos direitos econômicos do jogador.

A preocupação do Inter com o futuro do jovem meio-campista, de 22 anos, reside especialmente nesse percentual, pois caso o Betis consiga um valor de transferência satisfatório, estipulado em 30 milhões de euros (aproximadamente R$ 163 milhões), o Internacional poderá receber um adicional de 6 milhões de euros (ou R$ 32 milhões) apenas por essa negociação. A cláusula de rescisão do jogador é de 80 milhões de euros (R$ 436,7 milhões).

Segundo informações do portal “ge”, o Betis não considera Johnny como um jogador intransferível. Pelo contrário, estaria aberto a negociações caso uma oferta satisfatória seja apresentada. Isso pode ser vantajoso para o Internacional, que busca arrecadar R$ 135 milhões com transferências de jogadores neste ano.

Dinheiro pode chegar em boa hora!

Na entrevista concedida à Itatiaia, Victor Grumberg, vice-presidente do Internacional, fez uma avaliação dos danos ao CT Parque Gigante e ao Estádio Beira-Rio. Ele calculou que o clube poderia encarar até R$ 35 milhões em prejuízos patrimoniais, levando em consideração também os custos operacionais adicionais decorrentes da inutilização do Estádio Beira-Rio.

Últimas notícias do Inter:

Últimas notícias do inter: