Direção do Inter se manifesta após derrota do Inter na Libertadores

Após a derrota por 2 a 1 para o Deportivo Táchira-VEN, a direção do Inter reconheceu os erros da equipe e o merecimento do adversário em obter a virada. Porém, para o vice de futebol João Patrício Herrmann, o resultado negativo na Libertadores não pode virar “terra arrasada”. E nem atrapalhar o foco para o Gre-Nal do próximo domingo (16), pela final do Gauchão.

— Saímos daqui com uma derrota que não estava nos nossos planos. Deixamos de ganhar o jogo, e o adversário fez por merecer. Reconhecemos as nossas falhas e os nossos erros em um gramado um pouco diferente. Mas bola para frente. Temos uma viagem longa, e agora é virar a chave da Libertadores para a final do Gauchão — declarou João Patrício Herrmann à Rádio Gaúcha.

— Não podemos achar que está tudo errado. Quando ganhamos, não está tudo certo. Quando perdemos, não está tudo errado. Não deixaremos de fazer uma ótima preparação para o Gre-Nal de domingo, um jogo muito importante para nós e que vai ser muito valorizado internamente — completou.

A delegação do Inter retorna a Porto Alegre na noite desta quarta, e na quinta já inicia a preparação para o jogo de ida da final do Gauchão, domingo, no Beira-Rio.

O Inter agora respira o Gr-Nal do domingo, às 16h, no Beira-Rio, pelo jogo de ida da final do Gauchão. Pela Libertadores, o Colorado volta a campo na quinta-feira da próxima semana, às 21h, quando enfrenta o Olimpia no Defensores del Chaco.