Coudet Prepara meio time de mudanças entre os titulares para a estreia na Sul-Americana

1923

O Internacional está traçando sua estratégia para a estreia na Copa Sul-Americana, e o foco principal está na preparação física e na recuperação dos jogadores. A equipe planeja entrar em campo com um time mais forte fisicamente, buscando maior proteção ao sistema defensivo e garantindo que os jogadores estejam em condições ideais para o confronto.

A comissão técnica mantém o projeto estabelecido no início do ano, com o objetivo principal de conquistar o título do Campeonato Brasileiro. Para isso, a prioridade da semana é a recuperação dos jogadores, especialmente aqueles que retornam de lesão ou que estão desgastados pela sequência de jogos. O próximo desafio é contra o Bahia, marcando a estreia no Brasileirão, e o Inter busca iniciar a competição com o elenco totalmente apto.

Uma das mudanças previstas está na lateral direita, onde Bustos enfrenta críticas e Hugo Mallo deve retornar ao time para reforçar o setor defensivo. Fernando pode atuar como zagueiro, enquanto Thiago Maia fará sua estreia substituindo Aránguiz, que está ausente devido a um procedimento nos olhos.

No meio-campo, a presença de Gustavo Prado, de 18 anos, ao lado de Alan Patrick, visa trazer mais dinamismo à equipe. Mauricio e Wanderson devem ser poupados, enquanto Valencia segue tratamento para uma lesão no pé direito.

O técnico Coudet também planeja testar um esquema com dois atacantes de área, com Alario e Lucca como opções iniciais. Quanto a Borré, há uma avaliação de que o jogador está sem ritmo de jogo, sendo provável que comece no banco de reservas.

A escalação definitiva para o confronto contra o Belgrano ainda não está definida, mas o treinador utilizará o feriado para realizar testes e ajustes antes da viagem para Córdoba. O Internacional está determinado a iniciar sua jornada na Copa Sul-Americana com o pé direito, buscando uma performance sólida e um resultado positivo para seguir avançando na competição continental.