Corinthians ‘se revolta’ com Inter e encerra negociação por Bruno Mendez

O Corinthians colocou um ponto final na tratativa com o Inter por Bruno Mendez. O episódio do último sábado, quando Edenílson acusou Rafael Ramos de racismo, aumentou o distanciamento as diretorias colorada e alvinegra.

“Não há mais negociação entre Corinthians e Inter. O Corinthians conta com o retorno do Bruno Mendez e só aceitará negociá-lo pelos valor estabelecido no contrato de empréstimo, que é de US$ 6 milhões por 50% dos direitos”, afirma uma pessoa envolvida.

Além da questão envolvendo Edenilson, a diretoria alvinegra se incomodou com a condução dos colorados durante a discussão para a permanência em definitivo do zagueiro uruguaio.

Na semana passada, as tratativas pareciam próximas depois de o Corinthians pedir US$ 3,5 milhões por 30% dos direitos econômicos. Tal cifra era uma contraproposta diante da primeira oferta do Inter, considerada baixa pelos dirigentes alvinegros.

O zagueiro é representado pelo empresário Eduardo Bou Daye. Importante: Bruno Mendez já tem quatro partidas pelo Inter no Brasileirão. Desta maneira, só pode entrar em campo mais duas vezes no torneio nacional, sob o risco de não poder defender o Corinthians em seu retorno. Vitor Pereira, inclusive, já solicitou o retorno do uruguaio.