Corinthians aceita e Internacional fica ligado sobre Bruno Méndez

O Corinthians aceitou reduzir a pedida para negociar o zagueiro Bruno Méndez em definitivo com o Inter. No próximo sábado (14), quando a equipe paulista estará em Porto Alegre para enfrentar os colorados pelo Brasileirão, as duas direções devem realizar uma reunião presencial sobre o tema. No Beira-Rio, há otimismo em relação à permanência do defensor.

Inicialmente, o Corinthians exigia o pagamento da multa de US$ 6 milhões (R$ 31 milhões), valor considerado impagável pelo Inter. Agora, porém, os paulistas já admitem chegar a um acordo por um valor bem mais acessível.

São três os fatores que facilitam o negócio para os colorados. O principal deles é a ausência de propostas do futebol europeu, o que torna o Inter a possibilidade mais lucrativa para os corintianos obterem lucro com Bruno Méndez. Além disso, pesam o desejo do jogador de permanecer no Beira-Rio e a fartura de opções defensivas do time paulista, que já conta com Robson Bambu, Raul, Gil e João Victor para a função.

Apesar disso, o Corinthians oficialmente adota um discurso mais político. Em contato com GZH, o gerente de futebol do time paulista, Alessandro Nunes, afirma que o clube cogita aproveitar Bruno Méndez na temporada, embora não descarte uma negociação com o Inter.

— O Corinthians tem contrato com o atleta e aguarda o término do empréstimo para repatriá-lo. Ele é um atleta muito importante e nos ajudará muita na importante temporada que estamos tendo. Caso o Inter apresente oficialmente uma oferta, iremos avaliar em conjunto com o presidente — disse Alessandro.

Vinculado ao Corinthians, Bruno Méndez está emprestado ao Inter até 30 de junho e não poderá atuar no próximo sábado (14) devido a uma cláusula contratual.

O uruguaio já disputou três partidas pelo Colorado no Brasileirão e, em tese, se disputar mais quatro jogos, não poderá entrar em campo por nenhum outro clube na competição. Porém, as partes já acordaram que o zagueiro não será escalado por Mano Menezes para o sétimo jogo enquanto a negociação estiver em andamento.