Chegada de Miguel Ángel Ramírez e a busca de reforços pelo Inter

O Inter terá um novo comandante nos próximos dias. Apesar da negativa pública na última noite (25), Alessandro Barcellos, mandatário colorado, tem um acerto com Miguel Ángel Ramírez até o final da temporada de 2022.

O técnico espanhol deverá chegar em breve a Porto Alegre para ser anunciado como novo comandante da casamata do Beira-Rio. Desde que houve um encaminhamento do acerto, o profissional tem mantido contato frequente com pessoas do clube. Não será necessário cumprir quarentena em isolamento, conforme protocolo do Ministério da Saúde do Brasil.

Provável data de chegada
As primeiras manifestações entre as partes aconteceram ainda no segundo semestre de 2020 por pessoas ligadas ao então candidato à presidência. Após a definição do pleito, as conversas foram centralizadas apenas entre Alessandro Barcellos e Ramírez, que resistiu a ligações da chapa concorrente, de José Aquino, e outras equipes do futebol brasileiro, principalmente, do São Paulo.

Em respeito a Abel Braga, o Inter segurou o acerto para manter o foco na disputa do Brasileirão 2020. Pela boa campanha e relação construída com o técnico campeão mundial em 2006, o anúncio não foi antecipado. A tendência é que nas próximas horas, de forma oficial, o clube anuncie o contrato com o novo treinador.

Como os principais jogadores foram liberados para um breve período de férias, que deve durar 10 dias, não há pressa para a chegada do treinador ao Brasil. Nos primeiros jogos da temporada 2021, Fábio Matias, comandante do grupo sub-20, deve orientar um time de jovens. Há o desejo de ter o europeu na próxima semana para iniciar o processo de ambientação ao Colorado.

Contatos
Também pela ligação com Abel Braga, os contatos foram diminuídos. A compreensão do Inter é que o treinador espanhol está inteirado em relação ao plantel e também aos jogadores emergentes das categorias de base.

Os relatos que são repassados por fontes ligadas ao departamento de futebol é que Miguel Ángel Ramírez será uma espécie de espelho na filosofia de trabalho a todos os demais técnicos colorados. Por isso, a partir de agora, com o cargo livre, o caminho está aberto para intensificar a troca de informações.

Algumas posições já foram identificadas como carentes pelo espanhol. O clube deverá entrar no mercado e buscar opções de extremas pelo método de jogo a ser implementado. A contratação de um lateral-esquerdo também é debatido, mas Léo Borges deve crescer na hierarquia de disputa, com Uendel perdendo espaço.