Chegada de Borré no Inter tem “data marcada” para acontecer

2761

O Internacional está em uma corrida contra o tempo para persuadir o Werder Bremen a liberar Rafael Borré. O clube já possui um acordo com o Eintracht Frankfurt, que detém os direitos econômicos do jogador de 28 anos, e um pré-contrato assinado a partir de julho. A equipe gaúcha está tentando antecipar a chegada do atleta colombiano.

A data limite para regularizar novas contratações é 7 de março. Se não conseguir chegar a um acordo com o clube alemão a tempo, Borré só estará disponível a partir de 10 de julho, quando a janela de transferências será reaberta.

Portanto, o Internacional poderia ficar sem seu reforço mais esperado da temporada por até 27 partidas. Com as regras do Gauchão impedindo mais mudanças nos elencos, isso significaria 18 jogos pelo Brasileirão, três pela Copa do Brasil (se avançar para a terceira fase) e seis pela Sul-Americana (todos na fase de grupos).

De acordo com o jornal Bild, os alemães estão exigindo o pagamento de 750 mil euros (cerca de R$ 4 milhões pela cotação atual) para liberar Borré.

Segundo informações apuradas, o atacante tem valores a receber do Werder Bremen, os quais poderiam ser descontados da quantia inicialmente exigida. No entanto, a diretoria colorada já deixou claro que não está disposta a arcar com o montante total.

Data de apresentação no Inter:
Considerando que o jogador de 28 anos está emprestado ao Werder Bremen até o final da temporada europeia, que se encerra no final de junho, e levando em conta a declaração do diretor esportivo do clube, Clemens Fritz, de que a situação de Borré será analisada até o final do mês, é possível estimar que o jogador vai se apresentar ao Internacional no dia 1 ou 2 de julho, logo após o término do seu contrato com o clube alemão.