Árbitro relata em súmula soco de jogador do Inter em Staff do Sport

O Inter perdeu o jogo para o Sport por 2 a 1, no Beira Rio, na noite desta quarta-feira (10), O Colorado teve duas as expulsões de Uendel e Zé Gabriel. Ambas explicadas após o confronto, na súmula da partida, pelo árbitro Rodolpho Toski Marques. A surpresa ficou por conta do motivo do cartão vermelho do zagueiro colorado: um soco no pescoço do preparador de goleiros da equipe adversária.

De acordo com o juiz, que também expulsou o preparador Jorcey Garcia, ambos se envolveram em uma confusão no banco de reservas na comemoração do primeiro gol do Sport. No documento, Rodolpho apontou que o colorado “deu um soco no pescoço do preparador de goleiros da equipe adversária, com a bola fora de jogo e a partida paralisada”.

Já o preparador, foi suspenso por “empurrar um adversário com uso excessivo de força fora da disputa de bola”.

Uendel, o único expulso com a bola rolando, teve como motivo para o cartão vermelho uma “falta tática”. Segundo o árbitro, ele “puxou adversário pelo ombro impedindo uma clara e manifesta oportunidade de gol”.