Após ser expulso duas vezes na partida, Alisson explica os lances

Envolvido em algumas das maiores polêmicas de arbitragem do empate entre Equador e Brasil, ontem (27), pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar, o goleiro Alisson disse considerar corretas as marcações do árbitro colombiano Wilmar Roldán após consultas ao VAR. Foram ao todo cinco decisões com interferência do vídeo no jogo, sendo que três envolveram diretamente o camisa 1.

“Decisão da arbitragem cabe mais ao árbitro falar. Na minha opinião, depois do uso do VAR, ele [Wilmar Roldán] tomou as decisões corretas. Tecnicamente falando, acredito que tive as escolhas certas. Hoje, no futebol a gente tem que se adaptar a todas as circunstâncias externas. Hoje foi jogo incrivelmente difícil com todas as dificuldades do campo, os lances polêmicos que aconteceram e as escolhas dentro de campo”, disse o goleiro.

Alisson teve dois cartões vermelhos anulados na partida desta quinta-feira, algo raro ou possivelmente inédito no futebol profissional. No primeiro tempo, ele saiu da área para fazer um corte e deu um chutão na bola. Ao fim do movimento, sua perna atingiu o rosto de Enner Valencia, que caiu no chão. Roldán mostrou o vermelho direto para o brasileiro, mas recorreu ao VAR e mudou a cor do cartão para o amarelo.

Já na etapa final, Alisson saiu de soco na bola numa dividida com Ayrton Preciado já aos 46 minutos e o árbitro marcou pênalti, além de mostrar o segundo cartão amarelo e assim ter expulsado o goleiro brasileiro. As duas marcações foram anuladas após consulta ao vídeo e Alisson terminou o jogo normalmente.

Independentemente das polêmicas de arbitragem, o goleiro do Brasil disse considerar o empate justo em Quito: “Não é o resultado que queríamos, mas hoje a gente teve que lutar muito, pelo que aconteceu ao redor. O campo dificultou muito nosso trabalho. Mas conseguimos nos adaptar até certo ponto bem. Em alguns momentos conseguimos controlar o jogo, eles buscavam a classificação com muita dedicação, determinação, nos dificultando. O empate acredito que foi resultado justo. Nenhuma das equipes criou situações a ponto de falarmos que foi injusto o resultado.”

Veja os lances